Magic Kingdom

Magic Kingdom em Orlando – Parte I

Em America do Norte, Disney, Estados Unidos, Florida, Orlando por Lucio Manoel0 Comments

“The Most Magical Place On Earth” ou, em português, “O lugar mais mágico da Terra”. Nunca uma descrição foi tão verdadeira quando essa do Magic Kingdom.

Magic Kingdom

Castelo da Cinderela no Magic Kingdom. Foto: Lucio Manoel

Inaugurado dia 1 de outubro de 1971, o Magic Kingdom foi o primeiro parque da Disney na Flórida e foi feito junto com um resort. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, ele não é o primeiro parque construído pela Disney, mas sim, uma versão maior e melhor do primeiro: Disneyland, na Califórnia.

Como o nome mesmo já diz, não existe nenhum lugar mais mágico do que o Magic Kingdom e o seu principal símbolo, que fica no centro do parque: o Castelo da Cinderela. Onde “dreams come true” (sonhos se tornam realidade). É lá onde acontecem a queima de fogos no fim do dia, com a Eletric Parade (shows de danças super iluminados dos personagens) e, onde tem o restaurante mais legal e disputado de todos os parques.

Magic Kingdom

Iluminado à noite. Foto: Lucio Manoel

Esse é o parque que eu mais fui na vida, num total de 4 vezes e irei de novo sempre que tiver chance. Vou listar as coisas mais legais que dá para fazer lá:

Castelo

Uma coisa interessante sobre o castelo é que se você prestar atenção no visual dele, ele não tem muitos elementos que lembrem um castelo de princesa. As pessoas esquecem que ele, na verdade, é da família do Príncipe Encantado, e não da Cinderela.

Em alguns momentos do dia dá para passar pela porta do castelo atravessando-o pelo corredor principal. Também dá para almoçar ou jantar lá, mas só com reservas que, por serem disputadas, precisam ser feitas uns 6 meses antes. Já expliquei o passo a passo aqui. Ah, no saguão onde espera sua mesa, você encontra Jaq e Tatá, os 2 ratinhos que ajudam ela no filme.

Magic Kingdom

Os ratinhos da Cinderela. Foto: Lucio Manoel

Magic Kingdom

Detalhes do corredor do Castelo. Foto: Lucio Manoel

Magic Kingdom

Eles contam a história da Cinderela. Foto: Lucio Manoel

Broches

Ao entrar no parque, à sua direita tem o City Hall e, dentro, o Guest Relations (atendimento ao visitante). Lá você consegue broches da Disney de graça, com a temática da sua visita. Eles tem de 1ª visita, recém-casados, feliz aniversário, reunião de família, etc.. Na nossa lua-de mel, pegamos o de recém-casados e todos os funcionários que nos viam, davam parabéns.

Magic Kingdom

A gente com os nossos broches. Foto: Lucio Manoel

Quando eu fui com a minha esposa era sua 1ª vez no parque, então ganhou o broche de 1ª visita. Perguntei para a funcionária se tinha algum broche de segunda vez e ela pegou um qualquer, escreveu “2º time” (2º vez) e me deu. Os funcionários são super simpáticos lá.

FastPass+

Com ele você pode andar em alguns brinquedos sem pegar fila usando apenas um app da Disney no seu Smartphone. Já falei como usá-lo aqui.

Magic Kingdom

Usando um dos tipos de FastPass+ da Disney. Foto: Kent Phillips

Fogos

Às 21 horas tem a queima de fogos do Magic Kingdom e é uma das coisas mais lindas do mundo. São 15 minutos de queimas sincronizadas com música e iluminação no castelo. Agora há também um esquema de projeção de imagens, deixando o espetáculo cada vez mais bonito e emocionante.

Magic Kingdom

Momento final da queima de fogos. Foto: Lucio Manoel

Internet

O parque inteiro tem internet livre, então entre uma fila e outra você pode usar o Skype e falar com os seus parentes no Brasil e mostrar como está se divertindo.

GPS

Em Orlando você vai usar muito o GPS para ir aos parques, mas se você colocar “Magic Kingdom” na busca, ele vai tentar te colocar dentro do parque com o carro e te levar para a entrada de funcionários. Você precisa colocar “Magic Kingdom Parking Lot” que te levará até o estacionamento.

Magic Kingdom

Entrada do estacionamento. Foto: Lucio Manoel

Essas são as minhas principais dicas. Na parte II e parte III dessa matéria vou colocar as áreas do parque e o que você encontra em cada uma delas.

Clique aqui para acessar o site oficial do parque.

Onde?

Leave a Comment